X

Notícias

Juventude vence, encosta no G-4 e interrompe sequência positiva do Inter

Esportes
-
11/09/2017 14:32

Yago e Micael marcam para clube de Caxias do Sul, enquanto Felipe Gutierrez anotou o gol colorado. Na partida, Klaus fraturou o punho esquerdo e terá de passar por cirurgia

Klaus fratura Juventude x Inter (Foto: Reprodução/RBS TV)
Legenda da foto

Após seis vitórias consecutivas na Série B, o Inter voltou a sentir o gosto da derrota e diante de um adversário conhecido. Em clássico gaúcho, o Juventude se deu melhor ao apostar no contra-ataque e venceu a partida por 2 a 1 no Alfredo Jaconi, em jogo válido pela 23ª rodada. Com isso, o time jaconero volta a encostar no G-4, ao mesmo tempo em que o Colorado perde a liderança da competição.

Com a vitória, o Juventude encosta no G-4. Fica em sexto, com 37 pontos. Na próxima terça-feira, tentará manter o embalo diante do Criciúma, fora de casa. Já o Inter cai para segundo, com 42 pontos – dois a menos do que o América-MG, que venceu o Paysandu nesta sexta-feira. No próximo sábado, recebe o Figueirense no Beira-Rio.

Primeiro tempo

A rivalidade tradicional entre as equipes culminou em uma partida movimentada. Embora fora de casa, o Inter tratou para chamar para si a iniciativa da partida e encurralava o time local dentro do próprio campo. Em contrapartida, errava passes e mostrava nervosismo no sistema defensivo.

Aos 29 minutos, o Juventude vivia momento de alta e aproveitou a situação. Pará cobrou escanteio, Klaus errou e Micael cabeceou para as redes. Porém, nem teve tempo de comemorar. Dois minutos depois, o Colorado empatou. Damião lançou Gutiérrez, que chutou. A bola acertou Matheus, mas voltou no chileno e entrou. Antes do intervalo, Klaus ainda levou a pior após uma dividida com Ramon, caiu em cima do braço esquerdo e precisou ser substituído por Ernando, com fratura no pulso.

Segundo Tempo

Na etapa complementar, o desenho da partida ficou bastante definido. Em casa, o Juventude apostou nas jogadas seguras e em contra-ataques. O Inter, por sua vez, se lançou ao ataque e criou boas chances. Em dois lances cruciais, com Nico López e Leandro Damião, o goleiro Matheus brilhou e evitou o gol colorado.

Quando teve a chance, o Alviverde foi fatal. Aos 36 minutos, Wesley Natã fez lançamento primoroso e encontrou a defesa vermelha desencaixada. Veloz, Yago aproveitou desatenção de Cuesta e garantiu o gol da vitória ao deslocar de Danilo Fernandes.

Ge