X

Notícias

Neve, frio, chuva e….  Só Alonso marcando tempo: terceiro dia de testes é prejudicado

Esportes, F1
-
28/02/2018 17:06

Após atraso de três horas por causa de uma nevasca, treinos de pré-temporada nesta quarta têm apenas cinco pilotos na pista e espanhol como único a completar volta cronometrada

Por GloboEsporte.com, Barcelona, Espanha
Legenda da foto

A esperada nevasca castigou Barcelona nesta quarta-feira e prejudicou o terceiro dia de testes de pré-temporada da Fórmula 1. Foram três horas de atraso até que houvesse condições de o helicóptero médico decolar em caso de alguma eventualidade, mais uma hora sem ninguém na pista, e depois apenas cinco pilotos entrando nas cinco horas seguintes. Destes, só Fernando Alonso completou uma volta cronometrada, 2m18s545, quase um minuto a mais do que a marca de 1m19s673 feita por Sebastian Vettel (Ferrari) na terça-feira.

Tanto marasmo aconteceu porque o frio foi muito intenso, com a temperatura variando entre três e quatro graus, e chuva de moderada a forte durante a maior parte do dia. Fernando Alonso foi o que mais se aventurou na pista em péssimas condições: deu cinco voltas de instalação, sempre voltando aos boxes sem marcar tempo, e depois mais três voltas cronometradas.

Daniel Ricciardo, com a RBR-Renault, deu duas voltas de instalação, sendo que na segunda não conseguiu controlar o carro na freada para o cotovelo no fim da reta oposta e passeou na caixa de brita, levando sujeira para o já encharcado asfalto.

Outros três pilotos entraram na pista: Marcus Ericsson (Sauber), Robert Kubica (Williams) e Brendon Hartley (STR). Destes, Ericsson e Kubica deram uma volta de instalação e Hartley, duas. As outras cinco equipes (Mercedes, Ferrari, Renault, Haas e Force India) não mandaram seus carros à pista em nenhum momento nas seis horas em que a pista esteve liberada.

Sem que quase ninguém se aventurasse na pista, a maior ação ficou nas mídias sociais das equipes, com brincadeiras publicadas e interação com os fãs. As condições eram terríveis mesmo…

A expectativa é da melhora das condições do tempo nesta quinta-feira. Como não foi alcançada unanimidade entre as equipes para um dia extra de treinos na sexta-feira, o que provocou revolta no chefe da McLaren, Eric Boullier, só haverá mesmo mais um dia de atividades nesta semana.

GE