X

Notícias

Padre que armazenava pornografia de menores no celular é solto após pagar R$ 3 mil de fiança

Geral, Notícias
-
01/12/2017 17:07

Polícia Civil encontrou vídeos de adolescentes praticando atos sexuais no aparelho do religioso de 66 anos, em Guapiaçu (SP). Pároco vai responder pelo crime em liberdade.

Foram apreendidos preservativos, gel lubrificante, material pornográfico e carteirinhas de time de futebol (Foto: Reprodução/TV TEM)
Legenda da foto

Após pagar fiança no valor de R$ 3 mil, o padre de 66 anos preso por pedofilia em Guapiaçu (SP), nesta quinta-feira (30), foi solto pela polícia e irá responder pelo crime em liberdade.

Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram depois que a mãe de um jovem, de 17 anos, fez a denúncia na Justiça da Infância e Juventude. Ela desconfiava dos longos períodos que o filho passava na casa do padre Manoel Bezerra Lima.

Após a denúncia, policiais da Delegacia Seccional cumpriram um mandado de busca expedido pela a Vara da Infância de Juventude de São José do Rio Preto (SP).

Os policiais permaneceram quase 7 horas na casa do padre, que mora em um condomínio fechado em Guapiacu.

Os investigadores encontraram no computador e no celular dele fotos e vídeos de menores de idade fazendo sexo, além de preservativos, gel lubrificante, material pornográfico e várias carteirinhas de time de futebol, todas de menores de idade.

Uma nota oficial publicada pelo bispado diz que só tem conhecimento do caso pela imprensa. O representante da igreja católica em Guapiaçu afirmou que o padre Manoel Bezerra de Lima realizava o serviço de pároco apenas na capela do condomínio em que mora, e não confirmou o afastamento dele das atividades religiosas.

G1