X

Notícias

Polícia Civil realiza operação de combate ao uso e tráfico de drogas em escolas de Dionísio Cerqueira

Notícias, Policial
-
15/09/2017 21:53

Operação foi realizada nesta sexta-feira, na Escola Estadual EEB Dr. Theodureto de Faria Souto

Foto: Divulgação PC
Legenda da foto

A Polícia Civil, através da DPCo/Fron de Dionísio Cerqueira, realizou na manhã desta sexta-feira, 15, uma operação de combate aos crimes de uso e tráfico de drogas em ambiente escolar.

Conforme as informações repassadas pelas equipes policiais, através de investigações, foi verificado o envolvimento de diversos adolescentes e adultos com as práticas de tráfico e uso de drogas, inclusive no interior da Escola Estadual EEB Dr. Theodureto de Faria Souto.

Durante a operação foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão domiciliar, inclusive na residência de alunos do referido estabelecimento escolar, sendo apreendidas várias sementes supostamente destinadas ao cultivo de Cannabis Sativa (da qual é obtida a maconha), dentre outros itens de interesse à investigação.

No decorrer das atividades, os alunos do turno matutino foram conscientizados quanto as ações que estavam sendo desempenhadas pela Polícia Civil.

De acordo com o Delegado da Polícia Civil, Dr. Regis Stang, “Até o momento, mais de 20 pessoas, entre adolescente e adultos, prestaram esclarecimentos no procedimento policial”.

“Com este tipo de ação além da responsabilização dos adolescente infratores, objetiva-se individualizar a conduta dos adultos envolvidos, a fim de que posteriormente venham a ser decretadas suas prisões cautelares” afirmou o delegado.

A pena privativa de liberdade cominada ao crime de tráfico de drogas pode chegar a 25 (vinte e cinco) anos de reclusão, e por ser realizada nas adjacências de estabelecimento de ensino, assim atingindo crianças e adolescentes.

O delegado afirmou ainda, que outras operações poderão ser desencadeadas de forma a abarcar também outros estabelecimentos escolares da cidade de Dionísio de Cerqueira.

Vale destacar que todas as ações foram acompanhadas pelo Conselho Tutelar do município e com apoio irrestrito da Direção do Colégio Estadual.

PC/ Fronteira Online