X

Notícias

Policial Civil que estava desaparecida em Itapema foi morta pelo marido

Notícias, Policial
-
07/12/2017 21:01

Homem que é policial da reserva, confessou o crime e indicou o local onde enterrou o corpo

Karla Silva de Sá Lopes saiu de casa na quarta e não foi mais vista (Foto: Reprodução/NSC TV)
Legenda da foto

Foi confirmada no início da noite desta quinta-feira, 07, a morte da policial civil Karla Silva de Sá Lopes, de 28 anos, que era considerada desaparecida desde as 7h30 de quarta-feira, 06, em Itapema.

Segundo informações, Karla foi vítima de um crime passional. Seu marido, um Policial Militar aposentado, confessou o crime. Nessa tarde ele foi até o Batalhão da Polícia Militar, entregou a arma e confessou o crime. Ele teria dito que discutiu com a esposa e atirou na sua cabeça.

O cabo da reserva teria acompanhado os Policiais Civis de Itapema até a praia de Taquaras em Balneário Camboriú, onde o corpo da vítima teria sido enterrado.

Karla era uma das sete agentes de polícia que reforçariam a polícia da 17ª Delegacia Regional de Brusque. Ela deveria se apresentar na delegacia de São João Batista, onde atuaria, na segunda-feira, 12.

O Município/ Fronteira Online