X

Notícias

Policial improvisa boia com garrafa pet para salvar casal arrastado pelo mar

Geral, Notícias
-
03/12/2017 17:15

Policial improvisa boia com garrafa pet para salvar casal arrastado pelo mar, em Palhoça

RICMais
Legenda da foto

Um casal foi salvo de afogamento na tarde desta terça-feira (28) na prainha ao lado da Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis. O socorro das vítimas envolveu banhistas, policiais, moradores locais, salva-vidas, surfista e uma equipe GBS (Grupo de Busca e Salvamento). O capitão da PM (Polícia Militar), que estava de folga, Victor Bomfim chegou a improvisar uma boia com garrafas pet e uma mochila, e enfrentou por três vezes a correnteza para resgatar os dois moradores da Pinheira.

O acidente ocorreu por volta das 15h30, quando Pamela Machado Oliveira, 24, natural de Porto Alegre (RS) e Roger Bertotto Granella, 24, de Sapucaia do Sul, estavam aproveitando a tarde de sol na praia e foram arrastados pelo mar.

Segundo os bombeiros, o casal entrou no mar e rapidamente foi puxado pelas fortes ondas. A mulher ficou presa na arrebentação e o companheiro dela foi levado pela correnteza. Ao escutar pelo pedido de socorro dois policiais que estavam de folga e o goleiro do Internacional Marcelo Lomba foram imediatamente prestar apoio. Porém, devido ao mar estar extremamente agitado, apenas um dos policiais, o Bonfim, conseguiu vencer as difíceis condições e alcançou a mulher. Ela foi retirada do mar sem ferimentos.

Atitudes de coragem

Ao retornar para a areia, o policial improvisou uma boia com garrafas pets e uma mochila. Com o aparato, ele retornou sozinho para o mar para o resgate da segunda vítima que estava afastada cerca de 200 metros após a arrebentação.

Saltando do costão, o policial conseguiu chegar até a segunda vítima e com o suporte improvisado levou ela flutuando até as pedras. No entanto, a vítima que estava totalmente exausta não conseguiu subir e foi levada novamente ao mar se desprendendo da mochila.

O policial novamente se lançou ao mar nadando para salvar o homem. A forte correnteza continuava e impedia a movimentação na água o que fez com que Bonfim tomasse a decisão de se afastar da praia com Granella e aguardar pela chegada de algum apoio no socorro.

Bonfim ficou por 40 minutos tentando manter o jovem flutuando e respirando até a chegada de um surfista, que atendeu aos pedidos de socorro dos populares que acompanhavam o salvamento.

Trabalho em equipe

Logo depois, três salva-vidas também chegaram até o local e entraram no mar. Devido as grandes ondas, os salva-vidas juntamente com o policial e o surfista passaram por momentos dramáticos, pois não havia a possibilidade de realizar o salvamento sem apoio de embarcação.

Após 2h30, um morador local conseguiu prestar apoio com uma moto aquática conduzindo a vítima até a praia da Guarda do Embaú. Ao chegar até a praia o homem que estava em grau de afogamento nível três recebeu os primeiros socorros com o apoio do Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado para a emergência do hospital Regional com cortes pelo corpo. A equipe do equipe GBS ajudou no resgate de todos os envolvidos do mar.

Notícias do dia