X

Notícias

Sudoeste registra 2ª morte por H1N1 em 2018

Notícias, Saúde
-
12/04/2018 15:18

Homem de 57 anos era morador de Ampére e faleceu na noite de terça-feira

Foto: Reprodução
Legenda da foto

O Sudoeste do Paraná registrou a 2ª morte por complicações da Influenza A – H1N1 neste ano. A vítima foi identificada como sendo Miguel Sebastião Vink, de 57 anos, morador de Ampére, ele morreu na noite de terça-feira, 10, após complicações em decorrência da doença.

A informação foi divulgada pela Rádio Ampére, que ouviu o secretário municipal de Saúde, Robson Sari, e a diretora clínica do Hospital e Maternidade Santa Rita, Licéia Bono. Segundo a emissora, o paciente deu entrada no hospital há alguns dias com sintomas da doença e, após avaliado, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva de Francisco Beltrão.

Sebastião residia no Bairro Santa Mônica e a morte deixou a população em alerta. O secretário Robson Sari disse, em entrevista, que a situação é séria e o vírus está circulando na cidade.

Ainda segundo as informações da Secretaria Municipal de Saúde, vários pacientes foram atendidos no hospital com sintomas da Influenza, os quais passaram por exames e aguardam o resultado. Duas profissionais do hospital Santa Rita foram afastadas das atividades por estarem sob suspeita da doença.

Dez casos confirmados na região
Até a tarde de quarta-feira, 11, a 8ª Regional de Saúde de Francisco Beltrão não havia sido oficialmente notificada sobre o óbito do paciente de Ampére, mas ele já constava nos registros como caso confirmado de H1N1. “Aguardamos a confirmação oficial do município, mas este seria o 2° caso de óbito neste ano, em nossa regional, por Influenza”, afirmou a enfermeira Edinara Casaril, do setor de Vigilância Epidemiológica da 8ª Regional de Saúde.

O primeiro caso de óbito neste ano foi de um jovem de Santa Izabel do Oeste. No final de março, o rapaz de 24 anos, morador do interior do município, procurou a unidade de saúde com sintomas, foi medicado e transferido para Beltrão. No dia 18 de março sofreu complicações e faleceu.

A enfermeira Edinara confirmou que nos 27 municípios existem 34 notificações da Influenza A, dos quais, 10 já foram confirmados, sendo quatro na subtipagem H1N1, enquanto os outros ainda não foram subtipados.

Os municípios com casos notificados de gripe são Santa Izabel do Oeste, Realeza, Bela Vista da Caroba, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Planalto e Ampere.

Atenção e cuidados
A recomendação do setor de Saúde é que os cuidados sejam redobrados, e as medidas que devem ser adotadas são a vacinação contra a gripe. A vacinação inicia no dia 23 deste mês para os grupos prioritários.

É necessário redobrar as atitudes preventivas e de higienização adequadas das mãos, tratamento precoce com antivirais, alimentação e hábitos saudáveis, além de evitar a automedicação.

Campanha de vacinação começa no dia 23 de abril

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na segunda-feira, 23 de abril. Só no Paraná, a população estimada para a campanha é de 3,2 milhões de paranaenses. O grupo prioritário é formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças de 6 meses a 4 anos, além de gestantes, puérperas, mulheres com até 45 dias após o parto, profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.

Rádio Ampere/ Fronteira Online