X

Notícias

Técnico de Garbrandt planeja luta pelo título dos moscas: “Confio que ele pode”

Esportes, UFC
-
29/09/2017 14:27

Principal treinador da equipe Team Alpha Male, Justin Buchholz acredita que, após passar por TJ Dillashaw, campeão dos galos pode enfrentar Demetrious na divisão de baixo

Combate.com
Legenda da foto

No início de novembro, no UFC 217, Cody Garbrandt não apenas defende o cinturão dos pesos-galos, mas também faz um “acerto de contas” contra seu ex-parceiro de equipe, TJ Dillashaw. Porém, apesar da importância do confronto, Justin Buchholz, técnico do atual campeão, já pensa no próximo combate de “No Love” e mira uma super luta contra Demetrious Johnson nos pesos-moscas.

– Estou confiante que isso (luta contra Demetrious nos pesos-moscas) possa acontecer. Confio que ele pode bater o peso. Já vi coisas muito mais difíceis do que isso (Cody baixar para os 56,7kg). Ele pode baixar de peso e, depois, voltar aos galos. Conhecemos os perigos de ficar mudando de peso, mas sabemos o que estamos fazendo aqui. Tudo é ciência agora. Você deve estar em seu melhor momento para conseguir as melhores lutas – disse Buchholz ao site “MMA Fighting”.

De acordo com o treinador, a “urgência” em agendar a super luta contra Demetrious Johnson se deve também pelo fato de que, a medida que a idade de Cody avança, aumenta a dificuldade do campeão dos galos (61,2kg) em baixar de peso para os moscas (56,7kg).

– Tenho certeza que Cody pode fazer isso (baixar de peso) agora. Ele está, realmente, grande e forte e está ficando cada vez maior. Então, ele tem que fazer essa mudança de categoria agora, se ele decidir baixar de peso. Mas, com certeza, gostaríamos de fazer uma luta contra Demetrious Johnson, porém, teríamos que ver como seu corpo reagiria nos moscas – concluiu Justin Buchholz.

Depois de conquistar o cinturão dos pesos-galos em dezembro de 2016, após vencer Dominick Cruz por decisão unânime dos juízes, Cody Garbrandt põe sua invencibilidade de 11 lutas em jogo contra o agora rival TJ Dillashaw, dia 4 de novembro, no UFC 217. Seu adversário também foi campeão da divisão até 62kg depois de bater o brasileiro Renan Barão, em maio de 2014, porém acabou destronado por Dominick Cruz em janeiro de 2016. Após a derrota, TJ se credenciou para mais um “title shot” depois de vencer os brasileiros Raphael Assunção e John Lineker

GE